Redes Sociais:

Colunista

Sylvia Cesco

Céu de Giz

28/12/2016 | 21:23

Era lá que a criança da manhã rabiscava com seus dedos de Sol os telhados das casinhas todas iguais. Janelas e portas, sem alpendres ou varandas, debruçavam-se preguiçosas pela rua vestida de paralelepípedos e de cirandas. Sob o luar, a mãe costurava  ro...

Um palmo e meio de proseio

10/12/2016 | 12:50

Poeta: Dia 19, estaria completando 100 anos. Mas desde quando decidiu se aboletar praqueles bandos de nuvens azuis, as lesmas, os gafanhotos, as rãs e os caramujos celestiais, todos livres, úmidos e nus, tal como sonhou, abandonaram suas preguiç...