Crise atinge em cheio os planos de saúde e sobrecarrega ainda mais o sistema público

O efeito dominó iniciado após a posse da presidente Dilma Rousseff em seu segundo mandato, precisa imediatamente de freios.

Um setor que até então sobrevivia com relativa tranquilidade – os planos de saúde - passou a enfrentar dificuldades com a enorme evasão de sua clientela.

Nos seis primeiros meses de 2016, os planos de saúde perderam 910 mil clientes.

Nos últimos doze meses, de junho de 2015 a junho de 2016, a queda foi de 1.64 milhão de clientes. Os dados são da ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar).

O problema maior é que as pessoas que estão deixando os planos de saúde, passam a depender exclusivamente do atendimento público, já extremamente precário e, com o aumento inesperado da demanda, totalmente deficiente, sem condições de oferecer ao cidadão um acolhimento minimamente digno.

da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Saúde

loading...