Redes Sociais:

Povo colombiano diz ‘não’ a acordo com terroristas das Farc



Eis o resultado de um ‘acordo’ não combinado com o povo. O presidente Juan Manuel Santos fez todo aquele carnaval em Cartagena para celebrar uma bizarra negociação com as FARC — costurada por Cuba e com aplausos do ONU! —, garantindo julgamento diferenciado para crimes praticados, criação de partido político e até ‘cadeiras cativas’ para os terroristas na Câmara dos Deputados e no Senado da Colômbia.

Moral da história? O povo colombiano negou o ‘acordo’.

Não se negocia com terroristas, não se faz ‘acordo de paz’ com o terror.

Vale lembrar: os vendedores de lorotas da América Latina, serelepes e canhotos, já anunciavam que o tal ‘acordo’ renderia o Nobel da Paz ao presidente colombiano e ao líder terrorista.

E agora, hein?! Burros n'água! 

Helder Caldeira