A ditadura do nada!

A administração inócua, inoperante, mentirosa é sustentada por juízes corruptos e vereadores indignos

A cidade de Campo Grande vive a ditadura do nada. Nada que se conhece em estratégia de luta encontra recepção na sociedade, contra a pior administração do século! 
E a primeira categoria, da qual faço parte, os artistas, que se insurgiu contra essa ditadura, se perdera no caminho. Foi massacrada, dizimada. Hoje a prefeitura é indigna de qualquer conversa e seu órgão de cultura, a Fundac, é somente um depósito de funcionários, sem cumprir sua função social. 
Depois vieram os médicos, tentaram, e sentiram a atmosfera do mesmo modus operandi, a total apatia do prefeito pastor, desviado pra atender somente aos interesses da equipe que o catapultou ao poder. 
Os professores seguem na mesma direção. Todos vão morrendo no cansaço porque não encontram eco pra sua luta no judiciário, no legislativo, na polícia, no ministério público, em nada. 
A ditadura do nada é cruel, porque seus tanques de guerra são juízes corruptos e a maioria dos porcarias que não podem ter a dignidade de ser chamados de vereadores com sua teia mortal de tirar a esperança de uma cidade melhor, postergando a por exemplo, a comissão processante, que seria um caminho pra se livrar desse mal.
Raimundo Edmario Guimaraes Galvao

Mais de Raimundo Edmario Guimarães Galvão

Comentários

Notícias relacionadas

loading...