Parlamento declara ruptura da ordem constitucional e ‘ditadura’ na Venezuela

O parlamento venezuelano acaba de aprovar nesta segunda-feira (24) um acordo declarando que Nicolas Maduro impulsionou ‘uma ruptura da ordem constitucional’.

O parlamento entende que está caracterizado o ‘golpe de estado’ e a instauração de ‘uma ditadura’ na Venezuela.

Maduro afrontou a Constituição ao suspender um referendo para revogar o mandato presidencial, em conluio com o Supremo Tribunal de Justiça, o Conselho Nacional Eleitoral e sete tribunais regionais.

A Assembleia Nacional decidiu ainda ‘solicitar à comunidade internacional que ative todos os mecanismos necessários para garantir os direitos do povo da Venezuela, em especial o direito à democracia’, além da formalização de denúncia perante o Tribunal Penal Internacional e demais organizações competentes

Para reestabelecimento da ordem, o parlamento venezuelano quer a substituição imediata de todos os magistrados do Supremo Tribunal de Justiça (designados pelo regime chavista em dezembro de 2015), para ‘garantir a independência de poderes e o respeito ao Estado de Direito’.

da Redação

Fonte :Agencia Brasil

da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Internacional

loading...