Redes Sociais:

Só faltou Renan chamar o ministro de ‘juizeco’



O Supremo Tribunal Federal (STF) não tem outra alternativa, senão o afastamento definitivo do senador Renan Calheiros da presidência do senado.

Qualquer outra decisão significa a desmoralização da Corte, o que culminará num natural avanço do processo de descrença no Poder Judiciário.

Em poucos dias, é a segunda vez que o senador de Alagoas afronta gravemente o Judiciário brasileiro.

Em qualquer democracia, decisão judicial se cumpre, para depois discuti-la.

Descumprir é afronta, é desobediência e é desrespeito inaceitável, além de demonstrar uma total inabilidade do próprio Renan em lidar com a situação, quando acuado.

Cavou sua própria sepultura.

É tudo uma questão de tempo.

Gonçalo Mendes Neto

[email protected]