‘Insanidade’ é a expressão que define os defensores de Lula

O juiz Sérgio Moro foi escolhido pela revista ‘IstoÉ’ para receber o prêmio ‘Brasileiro do Ano - Categoria Justiça’.

Evidente que o magistrado compareceu ao evento para receber a premiação.

Num ambiente descontraído, todos os convidados da revista anfitriã se confraternizavam.

Moro, por sua vez, por diversas vezes, já demonstrou ser uma pessoa extremamente educada.

Sentado ao lado de Aécio Neves, descontraidamente conversou com o senador. Queiram ou não os detratores, uma autoridade.

Qual o problema?

Nenhum. Moro não está sendo julgado, Aécio não é nem reú e a conversa não foi às escondidas. Muito pelo contrário.

Os advogados de Lula, juntaram a tal foto como prova na ação de suspeição contra o juiz, protocolada em novembro.

Mais um ato insano da defesa do ex-presidente, que se debate diante da falta de razão e da iminência de condenação.

Gonçalo Mendes Neto

[email protected]

da Redação

Comentários

Mais em Opinião

loading...