Redes Sociais:

EUA, após acordo, define Odebrecht como ‘o maior caso de suborno e corrupção da história’



‘O maior caso de suborno e corrupção da história’. Assim o Departamento de Justiça dos Estados Unidos definiu o esquema (‘abrangente e sem paralelos’) envolvendo a empreiteira Odebrecht e autoridades, políticos, partidos e empresas no Brasil e em outros 11 países pobres ou miseráveis da América Latina e da África.

Em acordo histórico, a Odebrecht confirmou ter pago mais de US$ 1 bilhão (cerca de R$ 3,3 bilhões) apenas em propinas entre 2001 e 2016. Vale destacar: 1/3 desse valor foi destinado à corrupção no Brasil: algo em torno de R$ 1,2 bilhão.

Importante dizer: tudo isso só se tornou público porque, nos termos da legislação norte-americana, a publicidade dos termos e conteúdo do Acordo de Leniência firmado é basilar e primordial para garantia ampla e irrestrita do Estado Democrático de Direito.

No Brasil, uma falsa democracia, todas essas informações seguem em nauseabundo sigilo, trancafiadas nos gabinetes palacianos de Brasília, especialmente no botequim das togas, mais conhecido como Supremo Tribunal federal.

Grande é o lamaçal...

Helder Caldeira