Em 2017, por estratégia, Lava Jato deve prender, antes de Lula, dois de seus filhos (Veja o vídeo)

A estratégia da operação Lava Jato para o ano de 2017, de acordo com fonte extremamente fidedigna consultada pelo Jornal da Cidade, parece delineada.

O cerco contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva vai aumentar. Ainda em janeiro, mais uma denúncia e, certamente, mais um processo. Serão seis. 

Até junho, novas denúncias e novos processos. 

A fonte garante que já existe material suficiente para, pelo menos, 14 processos-crimes contra Lula.

A tese é corroborada por Alexandre Garcia (veja aqui) que há poucos dias, após ouvir um renomado jurista, definiu a estratégia como ‘Pirâmide’, ‘vai pegando todo mundo da base, a base vai se fechando, vai tudo convergindo para um mesmo vértice. E no vértice está Lula’, disse o jornalista.

Nesse sentido e diante do grave envolvimento nos esquemas de corrupção de seus filhos, tudo indica que Fábio Luis e Luis Cláudio (Lulinha e Luleco) deverão ser presos antes do pai. Será o momento em que, como no jogo de xadrez, Lula ficará em posição de ‘xeque’.

Nessa linha, vale a pena ouvir abaixo o comentário de Marco Antonio Villa, produzido pela rádio Jovem Pan e enviado para o Jornal da Cidade.

da Redação

Veja o vídeo:

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Variedades

loading...