Assassinato de garoto de 14 anos por outro de 15, fará Macri reduzir maioridade penal na Argentina

A maioridade penal na Argentina, que atualmente é de 16 anos, poderá ser reduzida para apenas 14.

Pelo menos este é o propósito do presidente Maurício Macri.

A pretensão do governo é fazer consultas durante o ano de 2017, para que possa apresentar um projeto que será submetido ao Legislativo em 2018.

Fator preponderante para a decisão foi o assassinato do garoto Brian Aguiñaco, de apenas 14 anos de idade, durante um assalto no bairro de Flores, em Buenos Aires.

O autor do homicídio, que chocou o país, foi um outro menor, de apenas 15 anos.

A proposta de Macri tem recebido amplo apoio da opinião pública, assustada com a falta de segurança e consternada com esse caso recente.

da Redação 

da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Internacional

loading...