Dória começa impactando e pode virar fenômeno eleitoral

João Dória Júnior sabe jogar para a plateia e o faz com competência.
Não é a toa que saiu de 2% na disputa eleitoral, para vencer a eleição ainda no 1º turno, contra adversários teoricamente fortíssimos.
Desta forma, os primeiros dias da gestão Dória repercutem intensamente em todo o Brasil.
Medidas inéditas e corajosas estão entusiasmando a população.
Entre as medidas tomadas por Dória em seus primeiros dias de mandato, destacam-se: a eliminação da frota de 1,3 milhão de veículos oficiais, usados por funcionários da prefeitura. Agora, até os secretários terão que utilizar em seus deslocamentos meios alternativos, Uber, táxi ou transporte público.
Os cargos comissionados tiveram um corte de 30%, percentual que deverá aumentar nos próximos meses.
Dória lançou um programa para dar moradia e emprego para 20 mil moradores de rua até o final de 2017.
Assim, com a implementação dessas primeiras medidas, prevê-se uma economia de R$ 8 bilhões ao ano.
Por outro lado, numa outra ação inédita, mas que demonstra comando e liderança, o prefeito irá multar os secretários que se atrasarem para as reuniões, medida de pouca eficácia, mas que agrada a população.
Todavia, um outro motivo levou São Paulo para as manchetes neste sábado (7). As enchentes provocadas por um enorme temporal.
Se Dória enfrentar este problema com competência, ninguém o segura.
Será ele fatalmente, ‘o cara’.
Amanda Acosta
redaçã[email protected]
da Redação

Comentários

Mais em Política

loading...