Análise dos números demonstra que desempenho de Lula na pesquisa da CNT é pífio

As redes sociais foram inundadas com manifestações de militantes petistas comemorando a pontuação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na pesquisa da Confederação Nacional do Transporte (CNT).

A imprensa de uma maneira geral, também proclamou a liderança do petista.

De acordo com os dados divulgados, Lula teria 30,5 das intenções de votos.

É um imensurável engodo. Lula não tem este percentual.

Vejamos e façamos uma análise dos números extraídos da pesquisa.

Foram entrevistadas 2002 pessoas, num período de três dias, entre 08 e 11 de fevereiro, em 138 municípios.

A pesquisa foi estimulada, ou seja, uma lista com os nomes dos possíveis candidatos foi apresentada ao cidadão entrevistado.

Pois bem, dessas 2002 pessoas, 68% (1.361 pessoas) declararam que ainda não escolheram um candidato.

Assim sendo, esse índice de 30,5 atribuído ao ex-presidente refere-se aos 32% (641 pessoas), que ao ver apresentada a listagem, optaram pela escolha de um dos nomes que compunham a lista.

Portanto, no universo de 2002 pessoas, apenas 195 optaram por Lula, o que perfaz um percentual de 9,76% das intenções de voto.

Registre-se que a pesquisa foi feita logo após o falecimento de dona Marisa Letícia, um momento de comoção, com a presença do nome e da imagem de Lula em todos os veículos de comunicação.

A conclusão que se extrai é de que o desempenho do petista é pífio e que o eleitorado ainda não escolheu um nome.

Há quem diga que este nome ainda vai aparecer.

da Redação

com informações de Helder Caldeira

da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política

loading...