Político petista de alta patente afaga Moro e pede para visitá-lo em Curitiba

Com grande parte de sua cúpula envolvida em escabrosos casos de corrupção, o PT ainda conserva em seus quadros algumas figuras que aparentemente não sujaram suas mãos no mar de lama de corrupção que tomou conta da trajetória partidária.

Possivelmente o ex-senador Eduardo Suplicy seja uma das figuras que se salva nesse maldito universo de falcatruas e picaretagens que se transformou o partido que se dizia 'dos trabalhadores'.

Por vezes extremamente enfadonho, noutras oportunidades um tanto demagogo, mas nunca metido em armações e ilicitudes,

Eduardo Suplicy
Eduardo Suplicy
Suplicy prestou depoimento ao juiz Sérgio Moro por videoconferência, na qualidade de testemunha do ex-ministro Antônio Palocci.

Em plena audiência, ofereceu dois livros de presente ao magistrado e pediu para entregá-los pessoalmente numa visita em seu gabinete na ‘República de Curitiba’. Moro, simpático, aceitou.

Uma demonstração de que até petista reconhece a seriedade do trabalho, desde que não seja um militante apaixonado, réu ou esteja na mira das investigações.

Amanda Acosta

[email protected]

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Variedades

loading...