Ministério Público percebe ‘trama’ e não admite absolvição de Marisa Letícia

A ‘trama’ engendrada pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Sula, requerendo a absolvição sumária da ex-primeira dama Marisa Letícia, alegando para tal o falecimento ocorrido no último dia 03 de fevereiro, não passou despercebida pela força tarefa da ‘República de Curitiba’.

Antes mesmo de o processo chegar às mãos do juiz Sérgio Moro para o veredito sobre a questão, o MP em sua cota alertou que o caso de Marisa Letícia é de extinção de punibilidade sem julgamento de mérito. Nada de absolvição sumária, como pleiteiam os advogados.

O requerimento da defesa pelo visto, era parte de uma artimanha visando beneficiar Lula.

Obviamente que em face do falecimento, Marisa não pode mais ser julgada, mas, de qualquer forma, também não pode ser absolvida, como se não tivesse cometido os crimes das quais é acusada.

O juiz Sérgio Moro deve se manifestar nos próximos dias e fatalmente acolherá a tese dos procuradores.

A punibilidade será extinta, mas Marisa não será absolvida.

da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça

loading...