Passo Fundo (RS) inaugura escola-modelo e ganha projeção nacional

Ver a escola pelos olhos de uma criança. Assim foi planejado o projeto que deu origem à Escola Modelo de Educação Infantil da Vila Luiza, em Passo Fundo (RS). Com base em estudos técnicos de arquitetura voltada para a área de educação, o projeto é considerado modelo por unir inovação e sustentabilidade, além de trazer a representação ideal de escola para uma criança: um ambiente funcional e espaçoso, alegre, colorido, divertido e instigante. O ato de entrega foi realizado nessa segunda-feira (20) pelo prefeito Luciano Azevedo. 

A obra tem representatividade por ser uma das maiores ações da Prefeitura de Passo Fundo ao pensar educação através de estruturas que contribuem para o aprendizado. Para Luciano, a escola é sinônimo do protagonismo que as crianças têm no município. ‘Hoje é um dia que marca a história da cidade ao entregarmos uma escola-modelo, que representa muito para a educação pelo significado de valorização de nossas crianças, professores e escolas. É uma aposta pensando na inovação e no impulso das potencialidades de cada criança, que são nosso futuro’, observou o prefeito. 

Prefeito Luciano Azevedo
Prefeito Luciano Azevedo

O espaço moderno, interativo e aconchegante irá colaborar para o diálogo entre a arquitetura e a metodologia de ensino da instituição, com uma proposta pedagógica orientada pelos conceitos de inovação, meio ambiente e sustentabilidade. Por serem temas transversais, há possibilidade de levar tais conceitos para outras áreas de ensino, bem como relacionar teoria e prática. 
Com estratégias pensadas nesta linha, a escola conta com captação e reaproveitamento de água da chuva; placas fotovoltaicas que reaproveitam a energia solar para geração de energia elétrica; espaços com ventilação e iluminação natural e brises – elemento arquitetônico utilizado para controlar a incidência direta do sol; e telhas com isolamento térmico e acústico para proporcionar maior conforto. 

A ideia de sustentabilidade busca aplicação dos conceitos no dia a dia, como conta o secretário de Educação, Edemilson Brandão. “Isso significa que a escola precisa ser coerente e educar com inovação, mas também deve ser um espaço de demonstração na prática, e não apenas na teoria. Os alunos aqui poderão unir as duas coisas”, disse ele, que ainda ressalta: “a escola é considerada modelo por ser o desejo de uma criança, tudo o que temos aqui vem do ideal de escola para elas”, finalizou. 

O projeto arquitetônico, criado pela arquiteta e urbanista Karine Knob Battisti, secretária de Inovação e Captação de Recursos, preza pelo conforto e segurança. Com ambientes amplos, o fluxo dentro da escola cria trajetos sem labirintos, a fim de facilitar a mobilidade. Os móveis com altura adequada também permitem a apropriação do espaço pelas crianças e a facilidade de manuseio dos materiais e brinquedos. A interação também está presente, como no muro do solário, composto por chapa metálica para criar interatividade entre os alunos com a colagem de peças magnéticas. 

A capacidade máxima de atendimento é de até 500 crianças de diferentes níveis da educação infantil. São 11 salas de aula ou multifuntionais, refeitório, auditório, plataforma elevatória para acessibilidade, terraço com escorregador, rampa de escalada, pátio interno e praça externa com academia ao ar livre e recinto para os pais. 

Como iniciou a ideia


A construção da escola significa um novo parâmetro de qualidade na educação pública: é a primeira entregue através de uma operação urbana de permuta onerosa, em troca de uma área que não vinha sendo utilizada pelo município. Assim deu início o trâmite que resultou no projeto da instituição. Denominada André Zaffari, conforme lei municipal de nº 5.237, de 9 de janeiro de 2017, o nome da escola é uma homenagem ao empresário passo-fundense nascido em 17 de junho de 1964 e falecido em 6 de dezembro de 1996. André Zaffari foi um grande empreendedor, um homem que com visão de futuro, dedicação e sabedoria contribuiu para o desenvolvimento de Passo Fundo, deixando também um legado de respeito, caráter e humildade.

Inscrições 
As famílias que pretendem conseguir uma vaga devem realizar as inscrições na própria escola, localizada na Rua Coronel Gervásio Annes, esquina com a Rua Ismael de Quadros, em frente ao CAIS. A prioridade para efetivação da matrícula será para quem não tem vaga e nenhuma escola e pelo critério de zoneamento, adotado em todas as escolas da rede municipal.
O atendimento será de 21 a 31 de março, das 8h às 11h30min e das 13h30min às 17h. No dia 31 de março haverá plantão das 8h às 16h. São necessários os seguintes documentos: cópia da certidão de nascimento da criança, cópia de identidade e CPF dos pais ou responsáveis legais e comprovante de endereço em nome dos pais ou responsáveis legais. 

da Redação

Com informações do Departamento de Comunicação Social da Prefeitura de Passo Fundo

Fotos: Alex Borgmann

da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Foco RS

loading...