Saques de Renan na ‘boca do caixa’ podem elucidar propina

Dois saques realizados pelo campeão em número de inquéritos no Supremo Tribunal Federal (STF) podem representar prova definitiva da vida promíscua do senador Renan Calheiros, contumaz recebedor de propinas, que em razão do nefasto ‘foro privilegiado’ ainda é tido como ‘autoridade’.

Em qualquer país minimamente sério, Renan já estaria há muito tempo fazendo companhia ao ex-deputado Eduardo Cunha.

Felizmente, a Operação Lava Jato faz crer que pelo menos para os corruptos sem foro privilegiado, o país está mudando.

De qualquer forma, os tais saques podem detectar o pagamento de propina ao senador pela empresa Serveng Civilsan.

Os saques foram efetuados em 27 de dezembro de 2012 e em 30 de dezembro de 2014, nos valores de R$ 100 mil e R$ 200 mil, respectivamente.

Num universo de milhões e milhões, o golpe fatal no ‘senadoreco’ pode vir através desses saques menores.

O caminho do dinheiro está evidenciando a propina.

O mundo as vezes é pernóstico para a bandidagem.

da Redação

da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política

loading...