A escolha de Sofia dentro de um hospital

Essa noite, a equipe do hospital onde atuo como diretora técnica, se viu obrigada a fazer a 'Escolha de Sofia', o drama da guerra...

Numa UTI lotada, sem vagas, necessitar de um leito pra um paciente com 31 anos, chocado, as portas da morte e não ter. E não ter em nenhum outro hospital. E não ter nenhuma resposta, nenhuma esperança...nada! Colocamos um paciente a mais, num leito que não existe. Uma gambiarra, um "puxadinho"...e quilos de stress pra toda a equipe, mais risco, mais dúvidas, mais angústias...

E os reais responsáveis por tudo isso? Dormem em berço esplêndido. Em seus lençóis de seda, nas suas belas mansões, desfrutando do luxo e da opulência desnecessária, desmerecida, patrocinada por todos nós, pelos nossos impostos, pelo dinheiro público, que nos arranca o equivalente a cinco meses do nosso suado e honesto trabalho!

Sim. A corrupção mata. Mata pela desassistência, pelo desespero, pela chance perdida...mata a esperança, a qualidade, o futuro. Mata a vontade. Nessas horas, torna-se palpável e material, a roda de desgraças que o governo exercido pelos maus e desonestos, pode causar.

A culpa não é do médico, do enfermeiro, do hospital...a culpa é sua que se cala! A culpa é sua que vota mal! A culpa é sua que minimiza a lei! A culpa é sua que troca o bem coletivo, por um carguinho comissionado ou por uma vantagem pessoal qualquer!

Antes de votar, lembre-se que todos somos obrigados a arcar

Adriana Lisboa

Médica em Santa Catarina

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Saúde

loading...