Paulo Bernardo garante que Gleisi não é ‘amante’

O ex-ministro Paulo Bernardo teria reagido com extrema indignação ao tomar conhecimento de que a esposa, senadora Gleisi Hoffmann, foi acusada de ter recebido propina da construtora Odebrecht.

As planilhas com os ditos repasses foram entregues para o Ministério Público pelo delator Benedito Júnior.

A senadora é identificada nas tais planilhas pelo codinome ‘Amante’, fato que causou ainda mais desconforto para o casal e a ira de Paulo Bernardo, notadamente porque os codinomes utilizados pela empresa normalmente tem alguma relação com a vida real.

Logo vieram os questionamentos, com tom de ironia, maledicência e maldade sobre quem seria o tal ‘amante’ da senadora.



De qualquer forma, independente da relação conjugal, o delator confirmou se tratar da petista e garantiu que ela recebeu repasses equivalentes a R$ 5 milhões.

O ex-ministro reagiu com firmeza, garantindo que Gleisi não é a ‘Amante’.

da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política

loading...