Lula apresenta a patética prova de sua ‘inocência’

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva manifestou-se pela primeira vez após o depoimento do ex-presidente da construtora OAS, Léo Pinheiro, ao juiz Sérgio Moro.

Lula apresentou no seu Facebook o que chama de ‘prova cabal’ de que não é dono do tríplex do edifício Solaris, no Guarujá.

Talvez, tivesse sido bem que melhor que permanecesse inerte, treinando as mentiras que pretende contar no dia 03 de maio.

A tal ‘prova’ não engana ninguém e não prova nada. Pelo contrário, apenas corrobora o que foi dito em seu depoimento pelo empreiteiro.

A prova de Lula
A prova de Lula

O réu apresentou um documento que demonstra que o tríplex ainda está no nome da empresa, pois foi relacionado no processo de sua recuperação judicial.

Ora, na relação espúria havida entre Lula e OAS, o petista iria indicar um ‘laranja’ para assumir a propriedade do imóvel.

Todavia, é óbvio que a transferência do imóvel nunca foi motivo de preocupação para o pilantra. Num universo de volumosas propinas, o tríplex era um mero detalhe.

Ademais, qualquer estagiário de direito sabe que a OAS tinha obrigação de apresentar em sua recuperação judicial, todos os bens constantes em seu nome.

Aliás, a titulo de mera explicação, se por acaso a OAS falir, Lula perde o seu tríplex, pois, juridicamente, o imóvel ainda pertence à empresa, fato relatado pelo próprio Léo Pinheiro.

Assim, a tal ‘prova cabal’ de Lula serve apenas para iludir os beócios militantes.

Sobre as fortes revelações do empreiteiro, os assuntos tratados nas centenas de ligações entre as partes, as visitas no tríplex e os detalhes da revelação do depoimento, o Lula calou-se, não deu qualquer explicação.

Terá que dar tais explicações para o juiz.

Lula vai tremer e, fiquem certos, vai enveredar num universo de contradições.

Gonçalo Mendes Neto

[email protected]

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política

loading...