Nova bomba deve desnudar ligações de Dilma com o Bradesco

A ex-presidente Dilma Rousseff mantinha ligações obscuras com o Banco Bradesco.

A bomba é pesadíssima, mas como se trata do envolvimento do banco, um dos maiores anunciantes de toda a grande mídia, as emissoras de TV e os grandes jornais estão retardando a divulgação do caso.

É fato, porém, que o presidente do banco, Luiz Carlos Trabuco, foi convidado em 2014, pela então presidente da República, para ser o seu Ministro da Fazenda.

Trabuco acabou não assumindo, mas foi o responsável pela indicação de Joaquim Levy, fato que demonstra sua intrínseca ligação com Dilma e que interesses inconfessáveis estavam na pauta.

Por outro lado, é sabido que Trabuco, denunciado pelo Ministério Público, já é réu na Operação Zelotes, que também investiga o Bradesco.

Assim, na véspera de Lula sentar no banco dos réus perante o juiz Sérgio Moro, o combalido PT pode viver mais um episódio traumático.

Vanessa Mallmann

[email protected]

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Denúncias

loading...