Adriana, sem moral e sem a carteirinha da OAB

A ré Adriana Ancelmo, esposa do ex-governador Sérgio Cabral, está na iminência de perder o direito de advogar e, consequentemente ficar sem profissão.

No conselho da entidade, órgão que decidirá sobre o pedido de cassação de seu registro, é visível o desejo entre a maioria devastadora de seus membros no rápido encaminhamento da medida punitiva.

Adriana responde a 111 denúncias por lavagem de dinheiro, além de crime de formação de quadrilha e pertencimento à organização criminosa.

Na viabilização da prática criminosa, a ex-primeira dama utilizava o seu escritório de advocacia para lavagem de dinheiro.

Nos bastidores da entidade, é certo que entre os 80 conselheiros há maioria consolidada para a cassação do registro de Adriana.

Sem OAB, Adriana futuramente terá que escolher um outro ramo de atividade para sobreviver.

da Redação

da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Variedades

loading...