O meliante vai voltar logo para a aprazível Curitiba

Uma questão estratégica, para não se contrapor diretamente com a horda togada do Supremo Tribunal Federal (STF), fez a força tarefa da Operação Lava Jato mudar os planos e não pedir na denúncia protocolada nesta terça-feira (2) uma nova prisão preventiva do criminoso José Dirceu.

A força tarefa vai aguardar a decisão do Tribunal Regional Federal da 4ª região (TRF-4), que deve julgar rapidamente os recursos protelatórios interpostos pela defesa do petista.

Estima-se que ainda neste mês de maio ele retorne para o xilindró, com o julgamento pelo órgão colegiado de pelo menos uma das apelações que lhe impuseram mais de 30 anos de condenação.

O TRF-4 vai acelerar o andamento. De qualquer forma, não se descarta a eventualidade da decretação de uma nova prisão preventiva pelo juiz Sérgio Moro.

Uma coisa é certa: a liberdade de Dirceu vai durar muito pouco.

da Redação

da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça

loading...