Medo de Lula fica explicito e defesa pede adiamento de depoimento

Os advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, entraram com um desesperado recurso junto ao Tribunal Regional Federal da 4ª Região, requerendo a adiamento do depoimento do petista perante o juiz Sérgio Moro, marcado para esta quarta-feira (10).

Eles suplicam pela suspensão dos prazos do processo para que possam ter tempo de analisar documentos apresentados pela Petrobras à Justiça na última semana.

Registre-se que tais documento foram os próprio advogados de Lula que requereram a juntada, em mais uma clara atitude procrastinatória.

Fica evidente que a estratégia é fazer com que todos os processos contra o réu se arrastem pelo máximo de tempo possível.

O interrogatório de Lula na 13ª Vara Criminal da Justiça Federal de Curitiba está marcado para o dia 10, às 14h.

O ex-presidente será ouvido como réu em um processo em que é acusado de ter recebido um tríplex em um prédio no Guarujá, no litoral paulista, supostamente como presente da OAS em troca de três contratos que a empreiteira ganhou da Petrobras. Lula nega que tenha tido a posse do imóvel.

da Redação

da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça

loading...