O conluio criminoso entre o banco Itaú e Adriana Ancelmo

A ex-primeira dama  do Rio de Janeiro Adriana Ancelmo, mesmo encarcerada e com sua conta no Banco Itaú bloqueada por determinação judicial, conseguiu fazer normalmente  uma operação bancária e resgatar uma pequena fortuna da instituição, certamente dinheiro roubado, daí o bloqueio.

O fato demonstra que a ré é bandida de alta periculosidade, desobediente, destemida na prática criminosa e que ainda tem absoluta crença na impunidade.

Por outro lado, fica evidenciado que o Banco Itaú não tem qualquer compromisso com as determinações legais, não tem escrúpulos e não hesita em colaborar com a pilantragem institucionalizada que tomou conta do país.

O Itaú também merece ser punido. Por esta e muitas outras atitudes...

Vanessa Mallmann

[email protected]

da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça

loading...