O país é nosso, não dos meliantes!

Ninguém mais tem vergonha?

No atual momento do país é a cidadania que colocará o último prego no caixão de uma classe política corrompida à exaustão.

Este é mais um episódio de putrefação moral, tal como os vividos nos recentes anos que chamam os brasileiros ao brio e ao amor à pátria.

A cirurgia moral que começamos a fazer, sob nenhum pretexto deve ser interrompida. É agora ou nunca.

Ou damos um claro recado à classe política nacional em seus diferentes níveis de corrupção ou seremos seus eternos reféns.

Não é momento de flexibilizarmos conceitos. É momento de extirparmos até a última célula cancerígena esta chaga moral que apodrece o país.

A economia se acertará com o tempo, não temamos, o Brasil é maior que o momento e seus corruptos líderes.

A política se renovará, somos grandes o suficiente para descobrirmos novos talentos.

Só para uma coisa não há cura: a omissão de uma nação covarde frente a decrepitude moral de seus governantes.

É nosso o momento, é hora da verdadeira cidadania continuar dizendo que o sossego dos corruptos acabou.

Agora é cadeia, confisco de bens e vergonha, se ainda lhes restar alguma.

Seguimos adiante, a juventude tem pressa e a infância brasileira deve ter direito ao futuro. 

Edilson Mougenot Bonfim
Doutor em Direito pela Universidade Complutense de Madri
Fundador da Escola de Altos Estudos em Ciências Criminais
Procurador de Justiça Criminal do MPSP

Not�cias relacionadas

Comentários

Mais em Tema Livre

loading...