PT aplaudiu e delirou com delação da JBS. Agora vem a ‘surpresa’

Nesta quinta-feira (18) afoito pelas revelações contra Temer e Aécio, o PT, em nota à imprensa, assim classificou a delação dos irmãos Batista: ‘Provas materiais, irrefutáveis, comprovam a natureza corrupta da coalizão de forças que se apossou do poder e vem impondo ao País uma agenda de reformas antipopulares, antinacionais e antidemocráticas’.

A segunda parte da delação envolve Lula, Dilma e o PT.

Um escândalo de proporções alarmantes.

De acordo com o Joesley Batista, a JBS depositou cerca de R$ 300 milhões em propina devida ao PT numa conta secreta na Suíça, em razão de vantagens ilegais obtidas pela empresa junto ao BNDES .

A propina, de acordo com as planilhas da JBS, era dividida entre os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff.

Será que os infames petistas vão dizer que só a primeira parte da delação tem ‘provas materiais, irrefutáveis?’.

Não duvide!

da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça

loading...