Acordo com o Panamá garante rastreio e descoberta de contas de operador de Renan

Fontes da Operação Lava Jato garantem que um acordo realizado com o governo do Panamá tem surtido efeitos extremamente produtivos.

Segundo a Revista Época, pelo menos quatro contas secretas de um dos principais operadores de Renan Calheiros já foram devidamente localizadas.

Os valores são estratosféricos.

As tais contas foram exaustivamente abastecidas com ‘dinheiro sujo’, produto de propina oriunda de órgãos públicos que estavam sob a influência do senador alagoano.

Paralelamente, numa outra frente que atinge Renan, esta semana os proprietários da Construtora Mendes Júnior propuseram um acordo de delação premiada à Procuradoria-Geral da República. 

Finalmente eles resolveram admitir que a mesada que durante muito tempo pagaram ao ‘senadoreco’ era realmente ‘propina’.

O cerco vai gradativamente se fechando.

É preciso paciência, mas é nítido que a bandidagem está sendo acuada.

da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política

loading...