Causa ainda não identificada provoca matança de mais de mil cabeças de gado em MS

Numa fazenda localizada na cidade de Água Clara (MS), distante cerca de 200 km de Campo Grande, mais de mil animais que estavam confinados morreram nesta segunda-feira (7).

Não há registro de qualquer doença nas propriedades vizinhas.

Diante disso, a suspeita clínica da causa da morte é o Botulismo.

Trata-se de uma doença bacteriana rara, porém grave. A bactéria causadora dessa condição pode entrar no organismo por meio de machucados ou pela ingestão de alimentos contaminados, principalmente enlatados e os que são preservados inadequadamente.

Entretanto, o resultado laboratorial só será divulgado em uma semana. Para tanto, amostras da ração oferecida aos animais, que é produzida na própria fazenda, e da água, foram enviadas para o laboratório estadual e, caso o resultado seja positivo, será enviado para uma segunda análise em um laboratório de São Paulo.

O prejuízo estimado é de cerca de R$ 2 milhões de reais.

da Redação

da Redação

Comentários

Mais em Foco MS

loading...