Uma lavadeira ordinária!

Roberta Luchsinger, 32 anos, herdeira do Banco Credit Suisse, fundado em Zurich no ano de 1856, é uma esquerdista caviar pilantra, bem ao estilo do ‘revolucionário’ da Barra da Tijuca Chico Buarque, que fala em igualdade social com um copo de whisky Macallan na mão. Ô gente canalha!

O cinismo e a hipocrisia estão flagrantes no falso idealismo dessa dondoca idiota, que sempre viveu as luxúrias e as futilidades só permitidas pelo capitalismo, do qual a instituição que ela herda é uma espécie de templo. 

Quais foram os projetos sociais bancados pelo Credit Suisse no Brasil? Deu alguma coisa para alguém, ou só serviu de lavanderia para bandidos como o Lula?

Uma pústula dessas dizer que é socialista é o mesmo que uma prostituta dizer que é virgem e um ladrão afirmar que não rouba, mas pega empréstimo compulsório, e que a arma não é um instrumento de ameaça e sim um mero argumento de convencimento.

Apenas para lembrar o que é esse tal cafofo chamado Credit Suisse, do qual essa ordinária é herdeira, em abril de 2008 a Polícia Federal, durante uma operação para combater a transferência ilegal de dinheiro para fora do país, prendeu um funcionário dessa organização criminosa, com acusações de que ele teria oferecido serviços bancários privados no país sem a licença do Banco Central.

Ou seja, já nessa época estava caracterizado que se tratava de uma lavanderia, tendo como lavadeira -mor a mocinha que diz ser socialista e que "doou" R$ 500 mil a Lula.

Foi doação, o dinheiro era dele, ou foi uma contribuição pelo fato de na época o Lula ter calado a Polícia Federal?

Marcelo Rates Quaranta

da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política

loading...