Calote de Zeca do PT nos direitos trabalhistas de funcionários do partido afasta filiados

O vergonhoso ‘calote’ dado pelo atual presidente do Partido dos Trabalhadores em Mato Grosso do Sul, o ex-governador Zeca do PT, tem causado insatisfação generalizada e, inclusive, o pedido de desfiliação de petistas históricos.

Zeca, um bancário que se enriqueceu na política, não tem o menor respeito pelo trabalhador, nem mesmo por aqueles que trabalham dentro da sede partidária.

Numa atitude de notável irresponsabilidade e incompreensível ingratidão, o ex-governador colocou na rua todos os funcionários que trabalhavam na sede regional do PT e, o que é pior, sem pagar os 'sagrados direitos trabalhistas'.

Como que um cidadão que não cuida com zelo de sua própria 'casa', pode ter alguma credibilidade?

Nesta terça-feira, numa carta onde critica a postura adotada por Zeca, Kelly Cristina Costa, petista com 21 anos de militância, deixou o partido.

Abaixo, veja a íntegra do texto da ex-petista:



Lívia Martins

[email protected]

Lívia Martins

Articulista e repórter
[email protected]

Mais de Lívia Martins

Comentários

Notícias relacionadas

loading...