Rosário ganha 10 mil de Bolsonaro, mas recebe volta de Gentili

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) confirmou a condenação do deputado Jair Bolsonaro, que terá que pagar a bagatela de R$ 10 mil, a título de indenização por danos morais, para a deputada gaúcha Maria do Rosário.

A confirmação da condenação é na esfera civil e, portanto não torna o pretenso candidato a presidência da República inelegível, como alguns propagaram nesta terça-feira (15) nas redes sociais.

Por outro lado, Rosário se complicou no imbróglio com o humorista Danilo Gentili.

Ela terá que prestar esclarecimentos ao Ministério Público Federal (MPF) sobre a representação feita na Procuradoria da Câmara dos Deputados contra o apresentador do SBT.

A petista está sendo acusada de improbidade administrativa ao tentar censurar Gentili, utilizando para tanto a máquina pública.

da Redação

da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política

loading...