Advogado americano de Lula adota estilo de Zanin, mas demonstra desconhecer o processo

Atacar o juiz Sérgio Moro é a ordem que está cumprida a risca pelo advogado Geoffrey Robertson perante o Comitê de Direitos Humanos da ONU.

Moro, conhecido por sua extrema discrição, foi acusado pelo americano de ‘amar a publicidade’.

Robertson é um dos advogados mais caros do mundo e a peso de ouro aceitou colocar a sua reputação em jogo na defesa de uma causa perdida.

De lá dos Estados Unidos ele tem atacado as nossas instituições e a nossa Justiça. Porém os argumentos que utiliza não se sustentam, são fracos, todos repassados por seu colega brasileiro, o trêfego Zanin.

Recentemente fez severas críticas ao presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), o desembargador Carlos Thompson.

O magistrado elogiou a sentença do juiz Sérgio Moro, dizendo que ‘é tecnicamente irrepreensível’.

Por isto, o advogado americano acusou o desembargador de prejulgar o recurso interposto por Lula.

Mal informado, ele desconhece que o presidente do TRF-4 não participará do julgamento.

Otto Dantas

Articulista e Repórter
[email protected]

Mais de Otto Dantas

Comentários

Notícias relacionadas

loading...