Militância abandona Lula no depoimento do dia 13 na República de Curitiba

O juiz Sérgio Moro preocupado com a segurança em Curitiba, onde Lula terá que comparecer novamente no próximo dia 13 de setembro, propôs aos defensores do ex-presidente que o depoimento fosse realizado por videoconferência, sem que houvesse a necessidade da presença física do réu.

A defesa do ex-presidente como sempre foi intransigente e refutou a proposta, argumentado que o comparecimento do depoente era um direito constitucional.

Diante disso, Moro confirmou o depoimento com o comparecimento pessoal do réu.

Foi mais um absurdo, incompreensível e inexplicável erro da defesa de Lula.

Por videoconferência Lula ficaria bem mais a vontade para dizer o que bem entendesse.

Em Curitiba, além do incômodo tete a tete com Moro e os representantes do MP, Lula não terá desta feita o apoio da militância petista.

Segundo a revista Época, um dos motivos é a absoluta falta de recursos. Um expressivo montante foi gasto na tal caravana do nordeste.

da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça

loading...