Madame, esposa de comparsa de Cabral, some com 6 veículos de luxo e frustra ação da PF

Dayse Debora, a madame esposa de Rogério Onofre, um dos mais vorazes comparsas do ex-governador Sérgio Cabral Filho, deu a volta na Polícia Federal.

Antevendo a possibilidade de uma ação de busca e apreensão, a ‘espertíssima’ senhora deu um sumiço em seis carros de luxo do casal, que fatalmente seriam apreendidos na operação.

Na segunda-feira (18) quando a PF chegou na bela mansão localizada na requintada e extravagante Jurerê Internacional, em Floripa, encontrou a garagem completamente vazia.

A PF conseguiu apurar que ao menos seis automóveis de luxo, incluindo uma Mercedes-Benz, foram levados em comboio, no dia anterior, possivelmente para Divinópolis (MG).



Dayse Debora, quando o marido foi preso, em julho acabou sendo presa no dia seguinte ao tentar movimentar 1,8 milhão de um fundo no exterior.

Depois, conseguiu sair da prisão, juntamente com o marido, em função de habeas corpus concedido pelo ministro Gilmar Mendes.

Onofre voltou a ser preso, após a revelação de áudios em que fazia ameaça a delatores.

A madame, por sua vez, volta a cena e está na mira da Polícia Federal.
da Redação

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça

loading...