Ciente do indeferimento do registro de Lula, PT prepara campanha contra o TSE

O PT pretende insistir até onde puder na candidatura do presidiário.

Entretanto o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) quer acabar com esse assunto já em agosto, não permitindo o registro da candidatura de Lula.

É esta a tendência predominante no tribunal e é esta a disposição do ministro Luiz Fux, que estará na presidência do colegiado em agosto, quando finda o prazo para registro.

Nesse sentido, segundo o jornal Folha de S.Paulo, o PT pretende iniciar uma campanha contra o TSE.

O advogado Luiz Fernando Casagrande Pereira vai dar o embasamento jurídico para o enfrentamento.

O ex-prefeito de Porecatu, no Norte do Paraná, será utilizado como exemplo pelo partido. Walter Tenan, do PMDB, concorreu em 2008, preso. O crime, receptação de contrabando.

A diferença do caso do ex-prefeito com o do ex-presidente Lula, é de que quando foi preso, Walter Tenan já estava com a sua candidatura registrada e a campanha em pleno andamento.

Diferentemente, Lula pretende fazer o seu registro na condição de preso, em absoluto confronto com a Lei da Ficha Limpa, com a decência e a moral.

Certamente o PT sofrerá nova derrota e corre o sério risco de ficar de fora do pleito.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Comentários

Mais em Política