Gleisi abre o jogo e confessa que manutenção de Lula na disputa é mera estratégia

A senadora Gleisi Hoffmann tem uma retórica preparada quando pressionada quanto à manutenção do nome de Lula na disputa.

Tudo foi detalhadamente explicando em recente reunião partidária.

A revelação foi feita pela Revista Crusoé. Veja:

“Gleisi Hoffmann explicou recentemente, em encontro do PT, um dos motivos pelos quais tratar agora de um substituto para Lula na corrida presidencial é assunto proibido no partido.
Anunciar um eventual vice, disse, faria com que seu nome fosse desde já incluído nas pesquisas de opinião. Consequentemente, ele partiria de um patamar baixo de aprovação e isso poderia fazer com que o eleitor deixasse de se empolgar com a campanha do PT e migrasse para candidatos de outras siglas. Reforçando o já conhecido coro, em estreita conexão com a cela número um de Curitiba, a petista disse que o partido ‘não pode tergiversar’ sobre a candidatura de Lula.”
Trocando em miúdos, ninguém, nem mesmo a insana Gleisi, acredita na possibilidade de Lula ser candidato.

Manter o nome de Lula serve, na realidade, para continuar a ter espaço na mídia.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política