Delúbio volta hoje para o lugar de onde jamais deveria ter saído

O juiz Sérgio Moro decretou nesta quarta-feira (23) a prisão do ex-tesoureiro petista Delúbio Soares, para que cumpra a pena a que foi condenado pela prática do crime de corrupção.

Desesperado, o petista impetrou um pedido de habeas corpus no Supremo Tribunal Federal (STF), que será analisado pelo ministro Edson Fachin.

A alegação do HC é a mesma que foi utilizada e negada ao ex-presidente Lula.

Como é sabido, desde 2016, o STF entende que a pena pode começar a ser executada após a condenação em segunda instância.

Delúbio, face aos crimes que cometeu, jamais poderia estar solto.

A PF está em seu encalço.

É mais um corrupto fora de circulação.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça