Falta combustível? Jornalistas denunciavam escândalos da Petrobrás há mais de 30 anos (veja os vídeos)

É verdade que sob a área PT o Brasil desceu vários andares nas catacumbas fétidas da corrupção. Mas é preciso consentir a o argumento de que a corrupção não é invenção da turma da estrela cadente.

Nessa semana, o Brasil enfrenta o que já enfrentou em 2014, outro ano de eleição e mais uma greve dos transportes em função dos altos preços dos combustíveis. É verdade que a tendência de alta é internacional, mas não podemos simplesmente ignorar o fato de que o cidadão é extorquido por um monopólio estatal que promete autossuficiência no setor há mais de 60 anos enquanto continua a importar o produto final.

O Brasil é um gigante sentado sobre um mar de petróleo gerenciado por um monopólio estatal e FALTA COMBUSTÍVEL. Tenho certeza que quando Roberto Campos disse que, se o governo administrasse o deserto do Saara, faltaria areia, teve aquele pessoal de que disse: "Nossa, como você é exagerado..."

Mais de 60 anos se passaram desde a fundação da Petrossauro e parece que continuamos a cair no sono induzido por populistas de todas as vertentes, interessados unicamente no loteamento da estatal para sua pilhagem sob o mote de que “o petróleo é nosso”. Assim, para evidenciar nossa sonolência, resolvemos lembrar que somos alertados para a canalhice instaurada na estatal há, pelo menos, mais de 30 anos. Os vídeos aqui publicados são de meados do anos 1990, mas poderiam muito bem ser desse feio 2018 que atravessamos.

Matheus Dal'Pizzol

Palpites sobre o oblívio das virtudes

Siga-nos no Twitter!

Mais de Matheus Dal'Pizzol

Comentários

Notícias relacionadas