Dinheiro público sustenta vida abastada de Ciro Gomes

O pré-candidato a presidente da República Ciro Gomes, recebe a bagatela de R$ 29 mil por mês do PDT.

A grana é proveniente do malfadado fundo partidário.

Como é sabido, esse fundo infame é proveniente de recursos públicos.

Ciro sobrevive como se fosse funcionário do PDT. Um engodo. Ele não é funcionário do partido.

Inclusive, o espertalhão passa recibo como se fosse um trabalhador autônomo. Ciro não trabalha.

É ou não é corrupção?

O que se pode esperar de um cidadão que age assim?

Fonte: Revista Crusoé

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política