Justiça restitui "benesses" do presidiário

Decisão desta terça-feira (29) do Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF-3) restituiu a assessoria e outras benesses do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Assim, Lula volta a ter direito, mesmo preso por ter roubado o povo brasileiro, a segurança, transporte e assessores.

Na decisão, os desembargadores pontuaram que o ex-presidente não tem ‘benesses’, mas ‘prerrogativas’, decorrentes do exercício do cargo de presidente da República.

Direito é sobretudo bom senso.

Preso não necessita de segurança, transporte e, muito menos, assessoria.

De qualquer forma, o povo paga a conta.

Assim fica difícil.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça