PT foi o ‘dedo duro’ da Operação Registo Espúrio, por vingança ao relator do Impeachment

Petistas que ainda permanecem infiltrados com cargos no Ministério do Trabalho foram os denunciantes que fizeram eclodir a Operação Registro Espúrio.

A mira do PT visava o deputado Jovair Arantes, relator da abertura do processo de impeachment contra a ex-presidente Dilma Rousseff.

Foi uma vingança saboreada pelos petistas.

Finalmente, mesmo que tenha sido por uma questão pessoal, os petistas prestaram um serviço à sociedade, fulminando mais uma Organização Criminosa incrustada na administração pública.

Segundo a revista Época ‘enquanto a Polícia Federal fazia busca e apreensão nos gabinetes dos deputados petebistas Jovair Arantes e Wilson Filho em razão da Operação Registro Espúrio, parlamentares da bancada atribuíam ao PT, no grupo de Whatsapp, as denúncias contra os colegas. Diziam haver remanescentes petistas dentro do Ministério do Trabalho e reclamavam de vingança por ter sido Jovair o relator da abertura do processo de impeachment contra a ex-presidente Dilma Rousseff.’

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Comentários

Mais em Política