É preso no RS o primeiro empresário acusado de locaute

A primeira prisão por locaute (boicote empresarial) por causa da paralisação dos caminhoneiros ocorreu nesta quinta-feira (31), no Rio Grande do Sul.

A Polícia Federal prendeu um empresário da área de transportes que teria ajudado a organizar a greve dos motoristas.

Trata-se de Vinicius Pellenz, proprietário da empresa Irapuru transportes, em Caxias do Sul (RS). Ele teve a prisão temporária decretada por crimes contra a liberdade do trabalho, ameaça e associação para o crime.

Segundo fontes da PF, o empresário não admitia relutância dos motoristas em aderir à paralisação do transporte e os intimidava.

Da mesma forma, todos os mandados de busca e apreensão previstos para integrar o primeiro dia da Operação Unlocked já foram cumpridos.

O superintendente da PF no Rio Grande do Sul, Alexandre Isbarrola, disse que "o efetivo da Polícia Federal está mobilizado e trabalhando fortemente para a identificação deste e outros fatos que venham a ocorrer para impedir o livre (tráfego) de mercadorias. Vamos identificar e responsabilizar essas pessoas, sendo comprovada a formação de quadrilha ou bando".

O superintendente disse, ainda, que as investigações devem continuar em inquéritos instaurados em Porto Alegre ou no interior do Estado, a depender da origem das denúncias.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça