Homem que Gilmar soltou nesta sexta-feira (1) patrocinava eventos do IDP

O mais recente beneficiário com a benevolência do ministro Gilmar Mendes, patrocinava eventos do Instituto de Direito Público (IDP), a faculdade da qual o ministro é sócio.

E mais, fazia a abertura de eventos ao lado do ministro.

Nos eventos do IDP, Orlando Diniz era ‘destaque’. A Fecomércio, por sua vez, entrava com o patrocínio.

Diniz transformou sua gestão a frente da entidade numa fonte de enriquecimento de advogados de políticos envolvidos com corrupção.

Pagamentos astronômicos e inexplicáveis foram realizados. Cristiano Zanin, o advogado de Lula, recebeu R$ 68 milhões.

Preso, representava um grande risco.

Gilmar interviu.

da Redação

Comentários

Mais em Direito e Justiça