Fux quer pôr fim logo em ladainha de candidatura de presidiário

O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Luiz Fux, está decidido a resolver o quanto antes a questão da candidatura de Lula.

O ministro quer que o Supremo Tribunal Federal (STF) ratifique em plenário a impossibilidade de que um condenado em 2ª instância efetue o registro de sua candidatura pela Justiça Eleitoral.

Fux tem a convicção de que o TSE irá barrar a candidatura do ex-presidente, mas quer unificar a tese, no sentido de que outras instâncias da Justiça Eleitoral apliquem o mesmo entendimento em situações semelhantes.

‘Se, no momento do registro, a pessoa é inelegível, não é candidatura sub judice’, argumentou Fux.
Só Gleisi e mais meia dúzia de petistas insanos acreditam em uma eventual candidatura do meliante.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça