O submundo do "sindicato do crime" criado pelo PT

O projeto de poder idealizado pelo PT transformou o movimento sindical e os sindicatos numa fonte inesgotável de dinheiro e de corrupção.

91% dos sindicatos existentes no mundo estão no Brasil. São 16.700.

Os Estados Unidos, o segundo país em número de sindicatos, tem apenas 191.

A lei que possibilitou esse crescimento astronômico no número de sindicatos foi sancionada em 2006, pelo ex-presidente Lula.

Dai em diante, surgiu uma série interminável de dirigentes corruptos, usando o dinheiro do trabalhador para fazer fortuna com a contribuição sindical obrigatória.

Três bilhões de reais eram arrecadados anualmente.

No próximo dia 28 de junho, o Supremo Tribunal Federal (STF) vai votar uma ação que pode restituir a obrigatoriedade da contribuição.

A votação praticamente já está 1 a 0, pois o ministro Edson Fachin, o relator, no despacho que encaminhou o caso para o plenário, deixou claro que irá votar favoravelmente ao pleito.

O ministro afirmou textualmente que o fim do imposto sindical obrigatório é ‘grave e repercute, negativamente, na esfera jurídica dos trabalhadores’. Disse também que para acabar com a obrigatoriedade da contribuição sindical, a reforma trabalhista deveria ter sido precedida de um ‘debate profundo’ sobre o sistema de representação dos trabalhadores.

Uma insanidade.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Política