O confronto entre Bolsonaro e um eventual candidato de centro

A pesquisa DataPoder360, divulgada nesta terça-feira (5), é mais uma a dar conta de que Bolsonaro não tem adversários.

Vence todos os nomes apresentados num eventual segundo turno com folga e quatro em cada cinco eleitores seus garantem que não mudam mais o voto (contra uma média de 49% entre todos os candidatos).

Por ora.

O tal "manifesto de centro" tenta dar um jeito nisso. Conseguirá? Creio que se o centro-direita e o centro de fato se unirem, conseguem. Mas é preciso se comprometer com as reformas e a responsabilidade fiscal, como contraponto ao programa econômico catastrófico apresentado por Ciro Gomes.

De resto, faltam quatro meses, longos, intermináveis, em que tudo pode acontecer, até a eleição.

Aurélio Schommer

Membro do Conselho Curador na Fundação Cultural do Estado da Bahia - Funceb e Membro Titular no Conselho Estadual de Cultura da Bahia.

Siga-nos no Twitter!

Mais de Aurélio Schommer

Comentários

Notícias relacionadas