Fim de linha: PF pede ao STF a quebra de sigilo telefônico de Temer, Padilha e Moreira

A Polícia Federal poderá definitivamente pegar o trio no contrapé.

O processo está na mão de Edson Fachin para decidir, já com a cota da PGR.

Raquel Dodge foi favorável a quebra do sigilo dos dois ministros, mas foi contra no caso de Temer.

Fachin vai decidir.

O objetivo é saber quem fez ligação pra quem em datas próximas das entregas do montante de R$ 10 milhões relatados pelos delatores da Odebrecht.

É a primeira vez na história que a PF pede a quebra do sigilo telefônico de um presidente da República.

Temer não tem mais a mínima condição moral de continuar governando.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Notícias relacionadas

Comentários

Mais em Direito e Justiça