Nora de Lula e encarregado de obras do sítio eram “fantasmas” e estão condenados

A senhora Marlene Araujo Lula da Silva. nora do ex-presidente Lula, está condenada a devolver aos cofres do SESI a importância de R$ 173 mil reais. O então presidente da entidade, Jair Meneghelli, também foi condenado e responde solidariamente pela importância que terá que ser devolvida.

Esposa de Sandro Luiz Lula da Silva, a espertalhona nunca compareceu ao local de trabalho. Diante disso, ela terá que arcar ainda com uma multa individual de R$ 40 mil e está inabilitada para o exercício do serviço público pelo período de três anos.

O Tribunal de Contas da União (TCU), além de Jair e Marlene, também condenou um outro fantasma. O cidadão que cuidava das obras do malfadado sítio de Atibaia. Rogério Aurélio Pimentel, que recebia R$ 8 mil reais mensais do Sesi.

Quadrilha tenebrosa...

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Comentários

Mais em Direito e Justiça