Governador do RS passa o dia viajando por economia de mil reais

Lamentável que um estado rico como o Rio Grande do Sul, esteja tão pobre... Na segunda-feira (31), o governador José Ivo Sartori, anunciou o parcelamento dos salários dos servidores estaduais da folha do mês de agosto, que será dividida em quatro parcelas. 

Ao fazer o anúncio, Sartori embargou a voz, lamentando o momento de absoluta penúria. “Aos servidores e as suas famílias, em primeiro lugar, o meu respeito pessoal. A despeito de tudo, têm o meu respeito. Sei a consequência desse problema e, mas todos nós estamos do mesmo lado, precisando enfrentar o mesmo inimigo”, discursou o governador.

A situação pode piorar muito, em razão do novo bloqueio das contas do estado pelo Governo Federal.

Buscando uma solução para o problema, num momento em que o governo gaúcho está falido, Sartori embarcou para Brasília, nesta quarta-feira (2), para pedir ao ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo, que desbloqueie as contas estaduais. 

Para evitar que o chamem de gastador, o governador viajou num voo comercial, com escala em Guarulhos. Era o mais barato (R$ 775,83). Fez a viagem em quase quatro horas. Conseguiu uma "economia" de mil reais... 

Pagasse mais por um voo direto, levaria a metade do tempo para chegar à capital federal. Tempo é dinheiro.

Deprimente! 

Difícil é saber quem é o palhaço nessa história...

Edmundo Zanatta

                https://www.facebook.com/jornaldacidadeonline

Se você é a favor de uma imprensa totalmente livre e imparcial, colabore curtindo a nossa página no Facebook e visitando com frequência o site do Jornal da Cidade Online. 

da Redação

Comentários