Defesa de Lula pede ao STF prisão domiciliar em caso de negativa de soltura

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, certamente pressentindo a dificuldade de ver atendido o pedido de suspensão da pena que será julgado na próxima terça-feira (26), propôs nesta quinta-feira (21) uma alternativa para os ministros.

Foi protocolada uma petição requerendo a prisão domiciliar para o meliante.

Isto pode ser prenúncio de que está havendo negociação.

De fato, soltar Lula encontra inúmeras resistências, dai esta opção apresentada por seu defensor.

A sociedade não pode permitir.

Lula tem que cumprir sua pena preso.

da Redação

Siga-nos no Twitter!

Comentários

Mais em Direito e Justiça